segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

(ilustração de MARCELO DALLA)


JOGO

EU CANTO
MEU ENCANTO
EU RODOPIO
POR UM FIO

EU TORÇO
POR GOSTO
O DUPLO FIO
DO PAVIO

EU RIMO
SUBESTIMO
EU ARREPIO
COM O FRIO

EU TROCO
DE MOÇO
NO JOGO
DO CORRUPIO

EU DANÇO
E BALANÇO
EU DESAFIO
MEU SANGUE-FRIO


...........

3 comentários:

António Rosa disse...

Adorei o seu poema. E a ilustração do Marcelo está linda.

Grato por ter ido ao Cova do Urso confraternizar na entrevista do nosso amigo.

Abraço.

Anorkinda disse...

Obrigada, Antonio...teu blog é de uma riqueza ímpar!!

que bom que vc gostou da parceria!!

abraços!!

David Monsores disse...

Oi Anorkinda!
Mudei o blog outro dia desses...
Agora está mais condizente com o estado atual das coisas.
Então... eu que pareço que tenho tempo que não passo aqui. Gostei dessas palavras, a combinação dos sons parece que traduz melhor a ideia. E mesmo a sangue-frio desloca intensos vulcões dentro da gente!
beijO grande!