quinta-feira, 11 de setembro de 2008


QUASE

De escrever tanto
Quase te envolvendo.
De desejar tanto
Quase te merecendo.

De pensar tanto
Quase que enlouqueço.
De querer tanto
Quase te pertenço.

De esperar tanto
Quase morremos.
De acreditar tanto
Quase não sofremos!

................................

2 comentários:

J. Anderson disse...

Tá muuuuito bonito seu blog, Neide!
As cores de texto mudando, os tamanhos de letras, as imagens, consegue dinamismo além da própria beleza das poesias, uma belezura só de visitar! :)

ANORKINDA disse...

tb to achando bunito!!!!! :>

como teu site...uma lindeza muito linda!!!!

beijos!!!