terça-feira, 2 de setembro de 2008

TENTATIVAS

TENTATIVAS


Nos sonhos: descobertas.
Lembro frases encobertas
De luz e escuridão.

Lembro um cheiro
Lembro uma voz
Que mistério escondo no travesseiro?

Tento sonhar
Tento lembrar
Quero descobrir tudo o que sonho?

Ou no sonho descubro tudo o que quero?

Um comentário:

Caio disse...

Mto bonito!
gosto dos seus poemas!
sao simples, gostosos de se ler e profundos!
parabens!


bjao!