quinta-feira, 23 de abril de 2009

BARRO

Com o esmero do artesão
Arte esculpida em mão
abençoada

Traduzi aprendizagens
Ensino em imagens
talhado

Modelei com cuidado
Meu coração delicado
recém-formado

Aqueci em forno-vida
Brasa incandescida
pelas paixões

Do barro original
matéria-prima
natural

Aprimorei a obra
com o sopro
do Deus que chora

..........

Um comentário:

El Rafito disse...

aaaaaaaaaaaaah q saudade