quarta-feira, 15 de abril de 2009

Tristeza por Gaia

Grande Espírito da Vida,
bem vês e sentes
como está o ser humano,
Deus caído
neste mundo de desengano.

Triste ficas observando a vida
que tanto se multiplica
e destrói a revelação divina
com atos desumanos.

Manifeste em nós,
Grande Espírito do Amor,
tua realeza espiritual.
Mostre-nos refletidos
em teu esplendor.

Para que os anjos humanos
relembrem sua origem,
engrandecidos de si mesmos,
num poder de Criação
de Mundos mais perfeitos.

.........

5 comentários:

marcia disse...

Toda beleza,puresa e sensibilidade vivem no interno dos seres...acho que a maioria anda sem tempo de olhar pra dentro...como sempre divino minha poetisa querida!...beijos

Eti disse...

Que lindo querida amiga cheia de luz!!!... Ah, se uma lamento poético tivesse o poder de nos acordar pra vida. Ou tem? Acho que sim. Mais luz pra vc. Namaste!

Valéria disse...

Lindo poema...

Linda você...

Que suas mãos sejam sempre iluminadas para que continuem traçando estas linhas tão doces!

Armindo Kehl disse...

A mãe chora por seu filho rebelde...

Abraço!

ANORKINDA disse...

Obrigada por fazerem comigo esta oração! Abraços de luz!