sexta-feira, 12 de novembro de 2010


Eu, espelho

Espelho em meu reflexo
os cortes do caminho
espinhentas trilhas
ferimentos daninhos

Espelho em meu sexo
as fêmeas intenções
humores excêntricos
fissuras e incisões

Espelho em minha viagem
os vermelhos-sangue
líquidos desagues
vertentes exangues

Espelho em minha imagem
as mágoas do percurso
ardilosas veredas
rios fora dos cursos

No fundo, me espelho em mim...

.

Um comentário:

Saturno Sun disse...

Namastê!
Oi... fico muito feliz que queiras divulgar meu blog, e é claro que podes divulgá-lo em teu blog pessoal... é uma grande satisfação prá mim inclusive. :)
Fique muito na Paz Cósmica...
Anorkinda!
Saturno