sexta-feira, 20 de maio de 2011


do que não vejo
nada sei.
Do que ouço:
peneira.

Da poeira
que fica
dou um jeito:
lixeira.
.

Um comentário:

MULHER DA VIDA disse...

Que lindo tá seu blog mamy!!

Parabéns!!

amu tu!!