sábado, 11 de outubro de 2008

O MEU VERDE

do meu universo verde
explode a luz.
do universo, meu poder
expande em luz...

de minha essência verde
brota a luz.
da essência, meu poder
brinca em luz...

da minha magia verde,
recheio de luz.
da magia, meu poder...
rastro de luz!

.............




2 comentários:

David Monsores disse...

E viva a vida do verde!!
Muito mágica a poesia, como uma raiz ligada ao chão.
A paz é branca ou é verde?
Uma mescla de todas as cores talvez...

ANORKINDA disse...

A paz é colorida!!!

poesia como raiz que explode qd germina!!

gostei...
tens um raciocínio poético :>

Abraço!