segunda-feira, 1 de dezembro de 2008


TIVE MEDO


Tive medo do escuro
Intermináveis noites
Veladas no obscuro
Encerrado no meu peito


Medroso escudo
Estremecendo as noites
Dilatadas num mundo
Onírico e sem efeito


.................

Um comentário:

goooooood girl disse...

i like your blog......