sexta-feira, 27 de março de 2009


Retoques

a um passo
por um triz
quase alcanço
e sou feliz

cada passo
vida de atriz
num compasso
aprendiz

no teu passo
tão fugaz
me desfaço
sem matiz

quisera com meu traço
de imperatriz
romper todo laço
arrancar raiz

sufocar num abraço
o suspiro infeliz
interromper o cansaço
e te retocar de verniz

.........

Um comentário:

El Rafito disse...

MUITO LINDO o POEMA KINDINHA!!! BJS! ;)