domingo, 2 de agosto de 2009


AMOR

Em vida de amor em amor, daquele que não bate à porta mas vem arrasando com o carinho transbordante, vamos agarrando aqui e ali os fiapos do coração. Aqueles que transmitimos aos amados em porções de gentileza, de respeito, de compreensão...
Nessa vida o sabor do amor é delicado e cortante ao mesmo tempo, é o sabor que arde o peito em emoção ferina.
O amor com que aquecemos os amigos que nunca mais saem de nosso quadro da vida pintada tal qual obra de arte, é um amor de cor eterna e deliciante!

........

2 comentários:

Memória de Elefante disse...

Bonito e de grande sensiblidade!
Pintamos a tela da vida com o que vivemos no dia a dia ...
O AMOR GERA A FÉ.A FÉ GERA ENERGIA. E SÓ A ENERGIA É ETERNA!
Um abraço

ANORKINDA disse...

Obrigada pela visita, amigo! \o/